Pacotes de notas de cem dólares

Crédito: Freepik

As startups brasileiras captaram US$ 3,2 bilhões em investimento nos primeiros cinco meses de 2021. O volume representa 90% do total investido durante o ano de 2020 e 293% a mais que o mesmo período do ano passado. Ao todo, foram 261 aportes realizados até o fim de maio deste ano. Os números são do levantamento mensal Inside Venture Capital, realizado pela plataforma de inovação aberta Distrito e divulgados nesta terça-feira (1).

Segundo o estudo, o setor que mais captou investimentos foi o de fintechs, com US$ 1,1 bilhão, com 57 aportes; seguido do mercado de real state, com US$ 825 milhões, em quatro aportes, e em terceiro lugar, retailtech, com US$ 632 milhões em 24 aportes.

A lista das maiores rodadas conta  com a especialista em serviços de pagamentos Cloudwalk (US$ 190 milhões), a fintech brasileira de criptoativos Hashdex (US$ 26 milhões), além da startup de arquitetura digital e business intelligence Sensedia (US$ 23 milhões).

O relatório apresentou também o número de fusões e aquisições (M&A), realizados nos primeiros cinco meses de 2021. No total, foram concluídas 91 operações em 2021, o que representa mais de 53% do total em 2020, quando foram fechadas 170 operações.

Para Gustavo Gierun, co-founder do Distrito, o Brasil caminha para fechar 2021 com mais de US$ 5 bilhões investidos em startups. “O movimento é muito bom, o mercado está super aquecido, fundos capitalizados, tecnologia e inovação cada vez mais presentes nas grandes empresas”, afirmou em coletiva de imprensa.

O Distrito também lançou nesta terça-feira uma metodologia desenvolvida para apresentar ao mercado o estágio de maturidade das startups, em relação a rodadas de investimento, denominada Deals Forecasting.

De acordo com Eduardo Fuentes, do Distrito, mais de 40 mil companhias e 6 mil rodadas foram mapeadas dentro da nova plataforma. “A partir da solução, fundos e grandes corporações têm acesso a um score que mostra a maturidade e a proximidade das startups de novas rodadas”, explicou Fuentes.