Crédito: Freepik

A LeCupon está no meio de uma rodada de captação de investimentos na plataforma de crowdfunging CapTabel. O objetivo da fintech de Belo Horizonte, avaliada em R$25 milhões, é captar R$ 2,5 milhões. A rodada conta com aporte da Biz Invest como co-investidor.

“A campanha vai até 29 de julho e já estamos próximos a 60%. Os recursos serão utilizados para crescer o time de tecnologia e em investimentos em marketing. Optamos pelo crowdfunding devido à velocidade na captação dos recursos; à visibilidade que a plataforma proporciona e à oportunidade de realização de novos negócios. Diversos investidores que apostaram a LeCupon ou são lojista ou potenciais clientes. A própria CapTable, startup da Startese, virou cliente”, diz Aluísio Cirino, CEO e fundador da LeCupon.

A empresa é focada no mercado B2B2C oferecendo soluções em gestão de benefícios para empresas e entidades que querem se destacar no mercado com um programa próprio. Cirino explica que a startup oferece um aplicativo para clientes como seguradoras, empresas de proteção veicular, bancos, planos de saúde e times de futebol. O app apresenta 24 mil estabelecimentos com descontos e oferece benefícios como cash back.

“Também oferecemos uma carteira digital permitindo que o cliente inclua seu cartão de crédito e realize pagamentos por dentro do aplicativo, gerando cash back para outros produtos e serviços. Com a OAB-MG criamos a oferta anuidade zero, para que a medida em que o advogado for realizando compras acumula cash backs para redução da anuidade da ordem”, diz Cirino.

Ele cita dados de uma pesquisa apontando que empresas que têm programas de benefícios têm acesso a seus clientes 1,96 vezes ao dia, ante quatro vezes ao ano das que não têm. O objetivo é é fortalecer os três pilares corporativos: conquista, retenção e satisfação.

“Além do aplicativo, cadastro de ofertas e carteira digital entregamos um painel com informações das marcas que tiveram os cupons utilizados, as mais visitadas. São informações que ajudam os clientes a entender o comportamento de consumo da base de clientes. Hoje temos 24 mil marcas e 132 clientes que nos proporcionam 840 mil usuários”, elenca Cirino.